Sigalit Landau é um artista israelense conhecido por usar o mar Morto – o lago mais salgado da terra – para criar objetos esculturais incrustados com camadas espessas de sal.

O artista já criou esculturas de violinos, bicicletas e até sapatos infantis todos incrustados de sal. Em seu último trabalho intitulado “Salt Bride”, Sigalit submergiu um vestido igual aos usados no século 19 cuja inspiração foi a peça The Dybbuk de S. Ansky . A peça é sobre uma jovem noiva possuída por um espírito maligno que posteriormente é exorcizada.

O vestido preto ficou submerso por 2 anos e neste período foi fotografado 8 vezes.

As fotografias originais do vestido submerso estão expostas no Museu de Belas Artes de Marlborough em Londres mas você também pode conferir como ele ficou nas imagens abaixo.

vestido de sal vestido de sal vestido de sal vestido de sal

Quer conhecer outros trabalhos do artista? Então clique aqui.

O que achou do vestido de sal de Sigalit Landau? Deixe seu comentário aqui embaixo.